Passeio Curto – Cachoeiras do Indaiá

Feriadão do 7 de setembro caindo numa segunda-feira é bom demais! Melhor ainda quando podemos juntar alguns bons amigos e fazer o nosso velho e bom passeio curto de motoca! Passeio curto ou longo eu já não fazia há quase um ano quando Doriane e eu voltamos da viajem de Tiger de Brasília a Natal.

Sendo assim, na última semana os andarilhos Ronaldo, Alvaro e Marcola combinaram um passeio curto até as Cachoeiras do Indaiá localizadas já no município de Formosa-GO, para deixarmos um pouco de lado o sedentarismo e percorrermos a trilha a pé que leva ao local onde ocorre a queda de 168 metros do famoso Salto Itiquira!

Nos reunimos no posto Flamingo na subida do Colorado por volta de 08:30h para seguir  em direção a Formosa pela BR-020 tomando o trevo de acesso a São Gabriel-GO. Mais uns poucos Kilometros e chegamos ao acesso por estrada de terra a uma propriedade particular onde as cachoeiras estão localizadas. A estrada de terra batida não ofereceu obstáculo para as motos trail com exceção dos últimos 500 metros antes de chegar à fazenda onde há uma areia muito fina e fofa que dificulta manter a moto em linha reta.

Já na porteira da fazendo foi instalada uma cancela para fazer a cobrança da taxa de R$ 15,00 por pessoa para visitação das cachoeiras. Apesar da cobrança da taxa, não há qualquer estrutura de apoio para os visitantes no local. Nem mesmo a sinalização das cachoeiras e trilhas foi feita ainda. Em alguns pontos existe apenas algumas escadas improvisadas e nada mais do que isso. Toda a logística de água e comida a serem consumidas durante o passeio é responsabilidade de quem está visitando o local.

Mesmo assim lá fomos nós, com garrafas de agua, barrinha de cereal e sucos nas mochilas! Estacionamos as motos, nos preparamos e iniciamos a trilha por volta de 09:35h. E durante toda a ida até o Salto Itiquira tudo era alegria, muita descontração e piadas! Apesar da trilha apresentar alguns pontos difíceis de vencer a animação era total e  após 1:50h de caminhada, descidas íngremes, pedregulhos e galhos, finalmente chegamos onde ocorre a queda de 168 metros da cachoeira do itiquira.

Claro que após algumas fotos, não podíamos deixar de entrar na água pra amenizar forte calor que nos acompanhou em toda a trilha. Para a nossa surpresa a água estava extremamente fria! Além do que seria necessário pra refrescar as idéias de qualquer um! Era possível sentir uma sensação de formigamento na pele nos primeiros 5 minutos com o corpo imerso na água, mas que aos poucos foi passando mas sem deixar ser um incomodo a baixa temperatura.

Decidimos fazer um lanche antes de iniciar a volta e para a nossa grata surpresa o Alvaro havia levado em sua mochila uma caixa de suco de goiaba, um pacote de pão de forma e duas bandejas de mortadela defumada! Ah, que beleza! Todo mundo ali embaixo da sombra de uma arvore admirando a beleza do local e fazendo um dos lanches mais brasileiros que existe!

Lanche terminado ao meio-dia em ponto, era o momento de iniciar o retorno. Após recolhermos garrafas vazias e demais lixos que trouxemos, começamos a caminhada de volta, que em pouco tempo passaria a impressão de ser mais longa do que a própria vinda. Conforme avançávamos as forças iam se esgotando e as piadas e brincadeiras da ida deram lugar ao silencio da concentração no caminhar e o desejo de que se chegasse rápido ao ponto de partida, pois o grau de dificuldade da caminhada parecia haver triplicado em pouco mais de 3 horas.

Mas finalmente após 1:55h de caminhada estávamos de volta às motos estacionadas na entrada da trilha. A visão de uma senhora com um isopor imenso vendendo bebidas geladas ali próximo as motos parecia uma miragem, pois tomamos toda a agua que compramos e ainda tivemos que encher as garrafas novamente com água fresca que brotava da encosta rochosa pra que pudéssemos terminar a trilha sem o risco de desidratação.

Com o horário já meio apertado pra mim, pois ainda teria que buscar minha digníssima no aeroporto, não acompanhei os andarilhos até a lagoa feia para saborear um peixe, mas tenho certeza de que todos lembrarão desse passeio curto principalmente pela conquista que foi conseguirmos vencer a trilha e conseguir fotos lindas da paisagem maravilhosa que é são as cachoeiras do cerrado brasileiro!

indaia-01

Picture 1 of 14

Uma ideia sobre “Passeio Curto – Cachoeiras do Indaiá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *